quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Aluna baleada por colega passa por cirurgia no pulmão, diz hospital



Pais da jovem afirmaram que ela ainda não sabe da paraplegia.
Na manhã desta quinta-feira (26/10), a jovem estudante Isadora de Morais, de 14 anos, atingida com um tiro por um colega no Colégio Goyases, em Goiânia, passou por uma cirurgia no pulmão. De acordo com o boletim médico do Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO), divulgado através de nota, a adolescente apresentou uma infecção no pulmão e o procedimento foi para acelerar a melhora clínica da parte pulmonar.
Além dela, outros três alunos ficaram feridos e dois morreram no ataque, cometido por um adolescente de 14 anos.
Ainda conforme o Hugo, a operação consiste na limpeza da cavidade pleural (membrana que reveste o pulmão). A unidade de saúde explica que a cirurgia já estava marcada previamente, faz parte da "estratégia de tratamento médico da paciente" e não ocorre em virtude de "nenhuma intercorrência e/ou situação de urgência".
Isadora ficou paraplégica após um estilhaço da bala atingir uma vértebra. Por conta disso, ela sofreu uma lesão na medula e perdeu o movimento das pernas. Segundo os pais da menina, ela ainda não sabe que seu quadro é considerado irreversível.
Isadora foi baleada por colega de sala (Crédito: Reprodução )
Pais afirmaram que a jovem ainda não sabe da paraplegia (Crédito: Vitor Santana/G1)
Fonte: Com informações do G1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...