terça-feira, 24 de outubro de 2017

Mulher é suspeita de fazer saques do PIS com 100 RGs falsos



Esquema desviou R$ 22.488 do programa federal, mas a Polícia acredita que o rombo pode ser maior.
Maria Iana Bezerra de Souza (27), foi presa em Maranguape, Região Metropolitana de Fortaleza, na sexta-feira (20), durante uma ação da Delegacia de Defraudações e Falsificações da Polícia Civil. Com a mulher, a Polícia Civil apreendeu mais de 100 documentos falsificados, entre carteiras de identidade e CNH. Os documentos seriam utilizados para sacar dinheiro do Programa de Integração Social e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep).
De acordo com o delegado Jaime de Paula Pessoa, titular da DDF, com a prisão, realizada através de investigação e denúncias anônimas, a Polícia espera encontrar outros cinco integrantes do grupo criminoso. 
Além dos documentos, foram encontrados cartões de crédito, cartões de loja e 24 comprovantes de saque do PIS/PASEP, cada um estimado em R$ 937, o que representa um valor total de R$ 22.488. Entretanto, a Polícia acredita que os valores sejam ainda maiores. 
A mulher responderá por estelionato, falsificação de documento público, falsificação de documento particular, uso de documento falso, falsidade ideológica e formação de quadrilha. Iana foi presa recentemente, mas ganhou liberdade após uma audiência de custódia. 
De acordo com as investigações, o esposo de Iana, Franciedson da Silva Leite, foi preso há 20 dias em Natal, Rio Grande do Norte, suspeito de aplicar o mesmo golpe em uma agência da Caixa Econômica Federal.
Fonte: Cnews
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...