domingo, 1 de abril de 2018

Atacante piauiense Valéria fala sobre a conquista do Sul-Americano de futebol

 O Tiradentes-PI fechou o primeiro dia de jogos da Fase Preliminar do Campeonato Brasileiro Feminino A-2 com uma vitória por 4 a 0 sobre o Santana-AP. O resultado garantiu a equipe do Piauí na fase de grupos da competição. Uma das protagonistas dessa classificação foi a atacante Valéria, que marcou o segundo gol da partida. Em alta no clube e recém campeã sul-americana sub-20 com a Seleção Brasileira, a jogadora comemora o bom momento.
Créditos: Laura Zago
"Jogar na Seleção era o meu sonho de criança. Conquistar um Sul-Americano foi uma experiência única que vou levar para o resto da minha vida. Fez com que eu crescesse mais na minha caminhada. De agosto para cá minha vida deu uma reviravolta, mudou tudo. Isso é mérito do meu trabalho. Sempre tento dar o meu máximo por onde eu passo", disse a atacante em entrevista ao site da CBF.
A jogadora, que recentemente recusou propostas de diversos clubes para permanecer no Piauí, destaca a importância do clube em sua ida à Seleção.
"Eu fui do Tiradentes-PI para a Seleção Brasileira. Por que eu não posso permanecer no Tiradentes-PI e continuar indo para a Seleção? Eu posso, eu tenho potencial para isso. Ter ido para a Seleção não foi apenas mérito meu, mas também das minhas companheiras de time. Elas fizeram com que eu crescesse também. Então, só tenho a agradecer ao Tiradentes-PI e ao grupo inteiro por isso", declarou.
Além da importância dentro das quatro linhas, Valéria deu um passo importante na história do futebol feminino. A atacante será a primeira jogadora da categoria no estado do Piauí a ter contrato de trabalho profissional.
"Ser a primeira mulher do Piauí a assinar um contrato profissional é algo que eu nunca imaginei. Eu quero continuar aqui para que tenhamos mais valorização e eu tenho certeza que isso vai acontecer. Não só no Piauí, como no Brasil inteiro. Isso pode abrir portas para muitas atletas", pontuou. 
Depois da equipe garantir a classificação no Brasileiro Feminino A-2, Valéria acredita que, apesar dos desafios que virão, o Tiradentes-PI chegará longe na competição. 
"Eu confio no elenco que o Tiradentes-PI tem. Fui abençoada e consegui deixar um gol na classificação da equipe. Agora é continuar trabalhando que os resultados virão. Teremos também muitas pedreiras pela frente, mas eu confio no potencial de cada uma de nossas atletas. Agora é trabalhar que assim as coisas vão acontecendo ao longo do campeonato", finalizou.
Fonte: Com informações da CBF
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...