quinta-feira, 4 de abril de 2019

Com greve no Heda, paciente em estado grave é mandado para casa e corre risco de morte






Um senhor idoso vendedor de cartela de ovos que recentemente sofreu um grave acidente de trânsito e que estava internado no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), foi despachado para casa devido a greve dos enfermeiros.
A situação do idoso ficou ainda mais complicada, pois ele precisa urgente do acompanhamento de um neurologista, além de precisar fazer uma ressonância magnética. Sem a mínima de condição financeira pra procurar atendimento particular, o paciente está na casa dele sofrendo fortes dores de cabeça o dia inteiro.
Este senhor é muito carente e ele está sentindo fortes dores de cabeça e nem consegue comer mais. Ele está muito debilitado. Com a greve no Heda ele não tem como ser tratado com um neurologista e nem fazer a ressonância magnética que está precisando”, disse uma vizinha do paciente. O idoso reside no bairro Alto Santa Maria.
O que diz o Estado
A despeito do caos e dos corredores vazios por falta de atendimento em decorrência da greve, o secretário estadual de Saúde, Florentino Neto (PT), foi para a imprensa da capital dizer que o Heda está em pleno funcionamento
Fonte:Blog do pessoa
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...