segunda-feira, 1 de abril de 2019

Excesso de chuvas traz prejuízos para pescadores e piscicultores no Norte do Piauí



O forte período chuvoso atrapalhou a criação de peixes no Norte do Piauí e trouxeram prejuízos.
Redes-tanque foram retiradas por falta de peixes em lagoa da zona rural de Parnaíba, no litoral do Piauí — Foto: TV Clube
O período chuvoso forte e repentino castigou os pescadores do litoral do Piauí. O excesso de água desequilibrou a temperatura dos rios que desaguam no litoral, alterando o comportamento dos peixes. Lagoas transbordaram e piscicultores tiveram prejuízo com peixes descendo pela enxurrada.
Houve também fuga de peixes na enxurrada devido ao transbordamento de lagoas em áreas de piscicultura.
Chuvas provocaram prejuízos para pescadores no litoral piauiense. Os pescadores que trabalham na Lagoa da Prata, na zona rural de Parnaíba, deixaram de armar seus tanques-rede desde que a região foi atingida por mais de 400 milímetros de chuva nas últimas semanas. A forte alteração na temperatura da água mudou o comportamento dos peixes.
Agricultor mostra batatas estragadas depois que horta foi inundada no litoral do Piauí — Foto: TV Clube
“Nem estou botando as ‘caçoeiras’, por que quando está cheio desse jeito, o peixe fica todo dentro do mato. Aí não tem como pegar nada”, explicou o pescador Francisco José da Silva. O volume de água na lagoa foi tão grande que inundou o acampamento dos pescadores, e por pouco não destruiu equipamentos.
Na zona rural de Ilha Grande, cidade a 15 km de Parnaíba, os pequenos produtores rurais tiveram casas alagadas e os quintais invadidos pela água. O agricultor Antônio José Melo contou que perdeu toda sua produção de batata doce, couve, e parte da produção de couve.
A lagoa de criação de peixes da Maria Elza Oliveira transbordou. Ela e sua família correram para colocar uma tela de metal de forma improvisada para evitar que os peixes fossem levados pela enxurrada.
“A gente teve que pegar um pedaço de tela. Não era muito grande, mas a gente deu um jeito para poder tapar um pouco“, contou a piscicultora Maria Elza Oliveira.
Em São João do Arraial, a 273 Km de Teresina, 17 açudes de criação de peixes se romperam após fortes chuvas dos últimos dias. A prefeitura do município decretou situação de emergência após R$ 200 mil em prejuízos. Uma família ficou desabrigada com o alagamento.
Neste domingo para segunda (01) choveu mais de 150 milímetros na região do litoral causando mais estragos. As prefeituras estão em alerta e monitorando os alagamento.
com informações do Clube Rural
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...