Governador alagados e anuncia projeto de drenagem em Parnaíba



Governador W. Dias percorre bairros e visita famílias atingidas pelas chuvas na manhã deste sábado.
O governador Wellington Dias (PT) acompanhado do prefeito de Parnaíba, Francisco de Assis Moraes Souza, Mão Santa, realizou visita às famílias desabrigadas pela chuva na cidade, na manhã deste sábado (06). Durante entrevista à imprensa, o governador anunciou que nos próximos 90 dias deverá ser apresentado um projeto de macrodrenagem da água da região.
Wellington Dias estava acompanhado do prefeito de Parnaíba, Mão Santa, do Deputado Estadual, Dr. Hélio Oliveira, do Presidente da FIEP, Zé Filho, e do Secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, a atenção às famílias afetadas pelas enchentes é o foco da ação humanitária das autoridades nesse momento.
Segundo o governador, sem a obra, os moradores continuarão sendo afetados pelas enchentes sempre que ocorrer um inverno mais rigoroso. “Estamos fazendo um convênio com os municípios no sentido de descentralizar a forma de apoio e ajuda. O que for necessário irá contar com o nosso apoio. Conversei com um morador que mora aqui há 22 anos e diz que sempre que há um inverno mais forte, ocorre alagamento. O objetivo é nos próximos 90 dias apresentar um projeto de macrodrenagem, uma forma de que essa água possa escoar. As habitações ocuparam um lugar que no passado corria um riacho. Agora isso terá que ser feito de forma subterrânea para poder escoar a água para o Parnaíba”, disse.
Os recursos para a obra na região devem ser adquiridos por meio de convênio com o Governo Federal. “A obra não é barata. A prefeitura não tem como fazer sozinha e estamos propondo cadastrar junto ao Ministério da Integração Nacional. É preciso recursos para essa e outras obras de habitação. O Estado se coloca disposto a ajudar o município. Vamos cuidar também das outras cidades atingidas. Todos os 16 municípios atingidos”, afirmou. 
Wellington Dias afirma que o governo tem trabalhado para garantir a ajuda emergencial às famílias atingidas pelas enchentes. “Vamos cuidar da ajuda necessária como alimentação, abrigo, medicamentos, o que for necessário parta buscar uma solução definitiva. Estive com o presidente da Chesf e fiz um pedido para que não fosse liberada água da hidrelétrica de Boa Esperança. Exatamente para evitar inundações também pelo lado do Parnaíba. Estamos no período de chuva e o ideal é ter um controle entre a equipe da Chesf e do governo para poder ter a dosagem certa e não ter a liberação de água nesse período de muita chuva”, comentou.
Jornal da parnaíba/Portal litoral notícias 
Share on Google Plus

About Cleidiomar Sousa

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

Comments

Featured