quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Equatorial Piauí orienta sobre pedido de ligação provisória para festa de fim de ano

Interessados devem procurar um posto de atendimento mais próximo para fazer solicitação
O mês de dezembro está chegando e com ele as festas de confraternização. Nesta época do ano, além dos momentos festivos nas residências, aumenta o fluxo de clientes em bares, restaurantes e demais locais de aluguel de eventos. Para que tudo ocorra da melhor forma, é necessário que seja incluso no planejamento a solicitação da ligação provisória, uma forma segura e legalizada para garantir energia elétrica de qualidade.
Os interessados devem procurar um ponto de atendimento da Equatorial Piauí com no mínimo três dias de antecedência da realização do evento levando carteira de identidade (RG), CPF, a carga completa que será utilizada no local da festa e o endereço completo de onde acontecerá o evento. Após esse procedimento, a Equatorial terá um prazo de até 72h após para executar a solicitação e realizar a ligação considerando os critérios técnicos e de segurança.
Os órgão públicos que realizam eventos em praças públicas, além de vendedores ambulantes do comércio informal, também devem solicitar uma ligação provisória para evitar acidentes causados por sobrecarga na rede elétrica e assim garantir energia do começo ao fim do evento.
O gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial Piauí, Joaquim Milhomem, lembra que é muito importante não deixar para a última hora e ser surpreendido com falta de energia em decorrência de sobrecarga das instalações internas. Ele também pondera que os prazos para a solicitação devem ser cumpridos, já que as ligações precisam de um planejamento para sua efetivação.
"Estamos trabalhando para garantir a continuidade e qualidade do fornecimento de energia elétrica, mas reforçamos que as ligações provisórias só poderão ser atendidas se as características da rede do local forem compatíveis com o tipo de ligação e carga solicitada. Também alertamos a população sobre os cuidados que se deve ter para que não ocorram sobrecargas nos transformadores ocasionando acidentes", destacou.
A Equatorial Piauí orienta que somente profissionais habilitados podem fazer esse tipo de ligação e enfatiza que as ligações clandestinas, popularmente conhecida como “gato”, é crime previsto no artigo 155 do Código Penal e pode chegar até quatro anos de reclusão, além de representar riscos de morte a quem está manuseando e também à toda população próxima.
Já em casos de acidentes com curtos circuito, é importante não se aproximar de fios ou cabos partidos, nem de objetos ou pessoas em contato com os fios energizados. A Equatorial Piauí reforça que esses cuidados devem ser seguidos durante todo o ano para garantia de um ambiente mais seguro e livre de acidentes.
ASCOM/CEPISA

Related Posts

Equatorial Piauí orienta sobre pedido de ligação provisória para festa de fim de ano
4/ 5
Oleh

Subscribe via email

Like the post above? Please subscribe to the latest posts directly via email.

Featured

Comments