sábado, 11 de abril de 2020

Turistas não devem se deslocar para Barra Grande enquanto durar a pandemia

Prefeitura de Cajueiro da Praia pede que turistas não se deslocar  para Barra Grande enquanto durar a pandemia
A Prefeitura de Cajueiro da Praia, a 384 km ao Norte de Teresina, fez um apelo nesta quinta-feira (9) para que turistas não se desloquem ao município para passar a Semana Santa. O principal destino nesta época do ano é a praia de Barra Grande. Uma barreira sanitária foi instalada no entroncamento das rodovias PI-301 e 302 para orientar os turistas a voltarem pra casa.
“Estamos fazendo um apelo e os turistas que chegam nós estamos orientando a voltar para casa”, disse o secretário de governo de Cajueiro, Jairon Carvalho.
O apelo da prefeitura também é uma resposta a uma postagem nas redes sociais informando que Barra Grande é o melhor lugar para se passar a quarentena, já que não possui casos da covid-19.
O próprio secretário de governo do município respondeu ao post pedindo aos turistas que não viagem.
Segundo ele, apenas ônibus estão proibidos de entrar no município, no entanto, para carros particulares não há proibição.
“Eles (turistas) argumentam que não existe proibição, mas a polícia fica tentando convencer. Em tese nada proíbe a entrada no município. É mais um trabalho educativo. A população não quer que vá também”, afirmou ao Cidadeverde.com.
O secretário reforça que hotéis, bares e restaurantes não estão funcionando.Não há movimentação nas praias da região. “Está tudo parado. A prefeitura está fiscalizando direto para acompanhar isso e quem tiver aberto a gente manda fechar. O município desde o início decretou medidas restritivas. Se for ônibus nós não aceitamos seguindo o decreto do governador, mas carros particulares são orientados a voltar”, explica Jairon.
Quem tiver residência em Cajueiro e tiver chegando de outras regiões, de acordo com o secretário, a pessoa assina um termo e passa a cumprir quarentena. “Na maioria deles tem que verificar o que vai fazer na cidade, se tem vínculo, caso contrário é orientado a voltar para casa, principalmente se for de outro estado. Se tiver residência no município assina um termo e fica de quarentena”, afirmou.
O secretário disse ainda que a prefeitura já está seguindo a recomendação do governo de aplicar multas em que descumprir as medidas de isolamento. Na terça-feira (7), a Secretaria Estadual de Saúde publicou portaria determinando multas as pessoas e empresas que desrespeitarem o isolamento social.
As multas variam de R$ 500 a R$ 5 mil para pessoa física e para as empresas o valor é maior, varia de R$ 5 mil até R$ 17 mil.
Por Hérlon Moraes/Cidade Verde

Related Posts

Turistas não devem se deslocar para Barra Grande enquanto durar a pandemia
4/ 5
Oleh

Subscribe via email

Like the post above? Please subscribe to the latest posts directly via email.

Featured

Comments