sábado, 20 de junho de 2020

“Não tratamos os trabalhadores e comerciantes parnaibanos como marginais, como fez o governador do PT em Teresina”, disse Mão Santa











Em conversa informal com repórteres, em uma de suas visitas ao Hospital de Campanha Nossa Senhora de Fátima, o Prefeito Francisco de Assis Moraes Souza, Mão Santa, afirmou categoricamente que não utiliza as ações de enfrentamento à Covid-19 como desculpa para constranger, humilhar e perseguir trabalhadores e comerciantes parnaibanos, como fez o governador do PT, Wellington Dias, no lamentável episódio com um comerciante em Teresina, que foi abordado de forma autoritária, truculenta e covarde, resultando, inclusive, em crise epilética, diante de um público que ficou perplexo com o ato e tentou, sem êxito, impedir o fato.
O gestor não aceita e nem tolera que similar violência aconteça com os trabalhadores em Parnaíba. Na verdade, contra qualquer cidadão ou cidadã do município. As ações preventivas à Covid-19, realizadas pela Prefeitura de Parnaíba, estão ocorrendo em várias frentes, no Hospital de Campanha, na testagem em massa nos bairros, nas UBS’s, no Pronto Socorro. A orientação do Prefeito Mão Santa aos servidores da Prefeitura de Parnaíba, comissionados ou do quadro efetivo, não importa o nível do cargo, seja Procurador, Secretário, Superintendente, Coordenador ou de sua Assessoria direta, sempre é muito clara: tratar a todos, sem distinção, com muito respeito e cordialidade. O péssimo exemplo de como o governador do PT atua em Teresina, não serve para Parnaíba e para seu povo ordeiro, batalhador e honrado.

Related Posts

“Não tratamos os trabalhadores e comerciantes parnaibanos como marginais, como fez o governador do PT em Teresina”, disse Mão Santa
4/ 5
Oleh

Subscribe via email

Like the post above? Please subscribe to the latest posts directly via email.

Featured

Comments