sábado, 23 de setembro de 2017

Homem confessa ter matado colega de trabalho catador de lixo em Parnaíba

 O acusado já tem passagem pela polícia por tentativa de homicídio.
O jovem Luiz Felipe Sousa da Conceição, de 23 anos, confessou na noite desta sexta-feira (22/09) na Central de Flagrantes de Parnaíba, no litoral do Piauí, que matou o catador de lixo Irmael dos Santos Oliveira, de 21 anos, por conta de uma negociata de alguns produtos reciclados avaliados em R$ 25 (vinte e cinco reais). O acusado já tem passagem pela polícia por tentativa de homicídio.
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé
Antes de receber voz de prisão, Luiz Felipe buscou atendimento no pronto socorro do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA) na companhia de um amigo e de uma irmã. Durante a confusão no aterro sanitário de Parnaíba na tarde desta sexta-feira, o acusado também ficou ferido. Ele sofreu perfurações de faca no tórax, no braço e nas costas.
“O Irmael tinha me vendido uns sacos de material reciclável por vinte e cinco reais. Só que hoje ao chegar no lixão flagrei ele repassando os meus sacos para outra pessoa. Eu me chateei e parti pra cima dele. Não lembro muito bem da confusão, pois tinha bebido antes”, informou o acusado.
Ainda no hospital, a Polícia Militar apreendeu no bolso de Luiz Felipe, 10 trouxinhas de maconha. Ele informou que é para uso próprio. Segundo o delegado plantonista, Rodrigo Mello Marinho, o acusado foi ferido por um irmão da vítima que ainda não foi identificado pela polícia. O crime segue sendo apurado pela Delegacia de Combate ao Homicídio, Tráfico de Drogas e Latrocínio (DHTL) que tem a frente o delegado Eduardo Aquino.
Por Kairo Amaral/Meio norte

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...