terça-feira, 3 de abril de 2018

Ato no Karnak cobra reajuste para PM, Civil, Bombeiros e agentes penitenciários


Representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiro e Agentes Penitenciários do Piauí reuniram-se na frente do Palácio de Karnak na manhã desta terça-feira (03/04) em um novo ato de protesto por reajuste salarial. Segundo eles, há mais de três anos a classe não tem aumento concedido pelo Governo.
Além do reajuste salarial, os manifestantes alegam que os policiais militares estão sobrecarregados devido ao baixo efetivo e a longa jornada de trabalho que eles precisam cobrir.
“Estamos aqui para fazer valer a nossa voz, tentando fazer com que a opinião pública enxergue essa ausência da valorização dos profissionais militares estaduais e estamos aqui exigindo, sim, uma política de reajuste salarial que há três anos estamos tentando provocar”, disse o Capitão Anderson, presidente da Associação dos Bombeiros e Policiais Militares do Piauí.
Capitão Anderson, , presidente da Associação dos Bombeiros e Policiais Militares do Piauí Foto: Maelson Ventura
Os agentes já encaminharam uma planilha com as propostas de reajuste salariais até o ano de 2020. Em uma assembleia preliminar, os policiais civis já iniciaram nesta terça-feira a greve e as demais categorias também podem aderir.
O governo do estado tem até sábado (07/04) para encaminhar as propostas de reajustes salariais para a Assembleia Legislativa.
Foto: Maelson Ventura
Foto: Maelson Ventura
Foto: Maelson Ventura/Fonte:180 Graus

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...