quinta-feira, 16 de abril de 2020

DESVIO DE VERBA: Profissional do Heda denuncia falta de EPIs e até ausência de quentinhas para os trabalhadores






Chegou a redação do Blog do Pessoa e do programa Flagrante, uma denúncia grave que coloca em risco a vida dos profissionais do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda). De acordo com um profissional da unidade de saúde que pediu para não ser identificado, está faltando Equipamento de Proteção Individual (EPI) e a orientação é que eles usem máscaras que estão sendo fabricadas manualmente.
“Essas máscaras não são apropriadas para os profissionais de saúde, pois não são esterilizadas e não são manuseadas seguindo os critérios de higiene”, disse o denunciante.
Outra grave denúncia fere o direito de repouso ao qual os plantonistas têm direito, sendo que alguns setores do Heda não dispõem de camas nem cadeiras, situação que obriga os trabalhadores a ficarem em pé na hora do repouso.
“Estamos tirando o repouso em pé, igual jumentos”, protestou a fonte que afirma ainda que no setor que trabalha, não é servido refeição para os profissionais.
“Aqui está tudo crítico. Queremos saber onde está o dinheiro que o governo federal destinou para a saúde do Piauí. Não temos nenhuma proteção, nem dignidade de trabalho. O governo estadual recebeu também uma verba para ser injetada nos nossos salários, no entanto, esse repasse nunca chegou até nós. Queremos saber onde foi parar esse dinheiro”, questiona o trabalhador do Heda.
Fonte:blog do pessoa

Related Posts

DESVIO DE VERBA: Profissional do Heda denuncia falta de EPIs e até ausência de quentinhas para os trabalhadores
4/ 5
Oleh

Subscribe via email

Like the post above? Please subscribe to the latest posts directly via email.

Featured

Comments