quinta-feira, 23 de julho de 2020

Estação ferroviária da praia de Atalaia em Luiz Correia em total estado de abandono

Abandonada pelo poder público, estação ferroviária da praia de Atalaia, em Luiz Correia no litoral piauiense dá sinais de desmoronamento. - A estação era o Km zero da Estada de Ferro Central do Piauí.
Atual estado da Estacão Ferroviária da praia de Atalaia, em Luiz Correia no litoral piauiense - Foto: Elder Fontenele - Registrado em jul/2020
A linha da Estrada de Ferro Central do Piauí foi aberta em 1922 ligando o porto de Luiz Correa à estação de Cocal. Até 1937, teve um lento prosseguimento até alcançar Piripiri nesse ano. Aí, somente em 1952 chegou a Campo Maior, com os trens de passageiros somente atingindo essa cidade em 1966, e finalmente chegando a Altos e a Teresina em 1969. Os trens de passageiros serviram à estrada até pelo menos 1979. A estrada jamais foi oficialmente erradicada, mas hoje os trilhos já foram arrancados na maioria do percurso, exceto no trecho entre Altos e Teresina, onde a ferrovia faz parte da ligação Ceará-Maranhão.
Estacão Ferroviária da praia de Atalaia - o registro é de 2013
Estacão ferroviária da praia de Atalaia
A estação de Atalaia foi inaugurada em 1955. Era a ponta de um curto ramal de 2,5 km que saía da estação do centro de Luiz Correa até próximo a beira mar e atualmente está abandonada. Na lateral, em alto relevo, aparecem as letras da EFCP, o nome Atalaia e a data de construção: 1955.
Na lateral, em alto relevo, aparecem as letras da EFCP, o nome Atalaia e a data de construção: 1955 - o registro é de 2013
A estação ferroviária da praia de Atalaia, em Luz Correia (PI) foi construída para dar suporte ao porto marítimo do Piauí que nunca foi concluído. A estação serviu por muitos anos para os frequentadores da praia de Atalaia até sua desativação total no ano de 1979. O poder público já deveria ter pensado em fazer uma restauração do prédio e transformá-lo e um ponto turístico para visitação.
Estacão Ferroviária da praia de Atalaia - o registro é de 2013
A viagem para a praia de Atalaia
O trem saia da estação ferroviária de Parnaíba com centenas de passageiros aos domingos fazendo várias paradas até seu destino final, a praia de atalaia próximo a beira mar. Saindo da estação ferroviária de Parnaíba o trem fazia sua primeira parada no Catanduvas em frente ao antigo campo de aviação (final da rua onde mora o ex-prefeito Zé Hamilton) o trem seguia para sua próxima parada, a estação de Floriópolis, mais a frente uma nova parada onde existia uma salina da família Pires (em frente a entrada do acesso a Lagoa do Portinho). No centro de Luiz Correia, próximo a prefeitura, fazia a penúltima parada e enfim chegava-se a última estação da praia de Atalaia a poucos metros do mar.
Estacão Ferroviária da praia de Atalaia - o registro é de 2013
Cada viagem era uma grande festa, tanto na ida como da volta. Com cerca de dez vagões e cinco gôndolas lotadas de passageiros para o banho dominical na praia de Atalaia. O trem fazia quatro viagens no domingo. A primeira por volta de 9hs, a segunda por volta de 11hs nestas duas levando os banhistas para a praia e por volta de 13hs o trem fazia sua primeira viagem de volta no final da tarde a viagem final por volta das 16 horas.

Por José Wilson | Jornal da Parnaíba
 

Related Posts

Estação ferroviária da praia de Atalaia em Luiz Correia em total estado de abandono
4/ 5
Oleh

Subscribe via email

Like the post above? Please subscribe to the latest posts directly via email.

Featured

Comments