quinta-feira, 9 de março de 2017

Se a moda pega: Jovem tira tornozeleira eletrônica e põe em jumento para não ser monitorado




Depois de receber denúncias anônimas, em menos de 24 horas a equipe de policias civis da Delegacia de Assú efetuaram a prisão de um jovem de 19 anos de idade, na cidade de Itajá (RN).
Informações dão conta que a polícia teria recebido imagens do jovem portando uma arma de fogo, e que o mesmo havia publicado no seu perfil do facebook, o que intrigou a polícia e apontou as investigações em seu desfavor.
Entrando em ação para deflagrar uma operação com êxito, os agentes da segurança deram inicio a diligências e prenderam o suspeito identificado como Antônio Wellington Matias de Melo, popularmente conhecido como "Adolfo", suspeito de ser autor de assaltos em Assú e na cidade de Itajá.
Durante as diligências, os policiais acabaram localizando uma tornozeleira eletrônica, a qual foi retirada pelo jovem, possivelmente para que o serviço de monitoramento não localizasse o mesmo.
Segundo a polícia, "Adolfo" ele será atuado pelo dano causado ao patrimônio público. Jovem já possui processos criminais na cidade de Natal, deverá responder por outros crimes que possa ter cometido em Assú e Itajá.
Em desfavor do mesmo, havia um mandado de prisão expedido pela 12ª Vara de Execuções da cidade de Natal, sendo cumprido também na oportunidade.
ainda segundo a polícia, a informação chegada até os agentes davam conta que o elemento teria retirado a tornozeleira eletrônica e colocado em um jumento, o que poderia significar que o jovem estava sendo monitorado, mas, na realidade o animal era quem estava tendo os passos monitorados.
Caso alguma vítima ou testemunha reconheça o preso como autor de algum crime cometido, a Polícia Civil pede para que compareça à Delegacia Municipal de Assú para ser ouvida e viabilizar as formalizações corretas dos procedimentos em tramitação.
Com informações Passando na Hora
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...