terça-feira, 2 de maio de 2017

Morre idosa que foi agredida por enfermeiro de UTI em hospital



Thereza Aparecida, 78 anos, que havia sido agredida por um enfermeiro do Hospital do Servidor Público Municipal (HSPM) no começo de abril, morreu neste domingo (30/4) em São Paulo. O corpo dela foi enterrado no Cemitério Parque da Cantareira nesta segunda (1°/5). A família não informou as causas da morte.
A senhora estava internada no local para se recuperar de uma cirurgia vascular, realizada em 13 de março. A família disse que ela apresentava sinais de melhora. No entanto, três dias depois, ela afirmouter sido agredida durante a madrugada, levando diversos tapas e puxões de cabelo de um funcionário do hospital.
“Ele me xingou de tudo quanto foi nome e foi me batendo, bateu até cansar”, disse a idosa em um vídeo gravado pelos filhos. A filha de Thereza, Hedilaine Aparecida Garcia, afirmou que o funcionário deu “vários puxões de cabelo e tapas na cara”. Segundo a direção do hospital, o responsável pelas agressões, que trabalha no local há 27 anos, continua afastado, a unidade de saúde abriu uma sindicância para apurar o caso.
Fonte: Com informações do Metropoles
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...