sábado, 10 de junho de 2017

FGTS: quarta fase de saques das contas inativas começa neste sábado (10/06)

Trabalhadores nascidos em setembro, outubro e novembro poderão sacar as contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a partir deste sábado (10/06).
Mais de duas mil agências da Caixa vão abrir das 9h às 15h exclusivamente para pagamento. O início do saque para os 7,5 milhões de brasileiros estava previsto para a próxima sexta-feira (16), mas foi antecipado. Para quem optou pelo crédito em conta, a liberação dos recursos também será antecipada.
O valor total disponível para saque é R$ 10,9 bilhões e equivale a 25% do total. Nos dias 12, 13 e 14 de junho, as agências abrem duas horas mais cedo, também para atendimento exclusivo. No sábado, cerca de 2,3 milhões de trabalhadores (30% do total) receberão automaticamente o crédito em suas contas na Caixa.
Segundo o secretário executivo do Conselho Curador do FGTS, Bolivar Moura Neto, a antecipação é uma forma de facilitar para o trabalhador o saque das contas inativas. "Os trabalhadores têm a possibilidade de realizar os saques com as agências da Caixa abertas exclusivamente para este fim no fim de semana", afirmou.
Para o ministro Ronaldo Nogueira, a antecipação do saque beneficia os trabalhadores com recursos parados nas contas e contribuiu para o aquecimento da economia. “O trabalhador pode usar os recursos disponíveis para suas necessidades mais imediatas, para investir ou poupar. O importante é que a medida adotada pelo governo permite ao trabalhador ter acesso a um recurso que é dele”, afirmou.
Pagamento
No autoatendimento, é possível sacar valores até R$ 1,5 mil, somente com a senha do Cartão Cidadão. Para valores entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil, o saque pode ser feito com o Cartão do Cidadão e senha no autoatendimento, lotéricas e correspondentes Caixa.
Acima de R$ 3 mil, os saques devem ser feitos nas agências. Os trabalhadores devem sempre ter em mãos o documento de identificação e Carteira de Trabalho (ou outro documento que comprove a rescisão do contrato).
Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Trabalho
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...