sábado, 14 de julho de 2018

Moradores da comunidade Brejinho realizam caminhada de combate ao feminicídio



Ainda consternados em razão da morte da jovem professora Selene Veras Roque, brutalmente assassinada pelo marido, no último dia 03 de junho do corrente ano, centenas de moradores da comunidade Brejinho, município de Luís Correia, onde a moça residia, organizaram-se nas vias públicas do povoado e participaram de caminhada para expressar indignação com o caso e "levantar a bandeira" de combate ao feminicídio.



A caminhada teve início na Escola Rita Miranda Brito. Alunos da localidade também participaram do ato. Familiares e amigos de Selene Roque também estiveram na caminhada.



Acompanhe a fala de Solange Veras Roque, fazendo a abertura do ato. Solange é irmã de Selene Roque
Moradores durante a caminhada seguravam cartazes com frases voltadas ao combate à violência contra a mulher, como: “O feminismo nunca matou ninguém. O machismo mata todos os dias”, “Feminicídio, Stop!”, “Ninguém mata por amor”, “Não à violência contra mulheres”, “Violência contra mulher também é problema seu”, “Não foi a primeira, mas exigimos que seja a última”, dentre outras.









A família da professora também promete realizar um ato contra o feminicídio e pela permanência da prisão do assassino no dia da audiência, em que o assassino deverá comparecer ao fórum de Luís Correia, no dia 25 de julho, as 10h.
Por Tacyane Machado – Blog Extra Parnaíba
Imagens: Facebook
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...