quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Conselho de Psicologia reforça necessidade de exame psicológico para renovação de CNH

Imagem relacionada
A Semana Nacional de Trânsito e os números crescentes de acidentes em todo o país refletem a necessidade de uma discussão acerca da obrigatoriedade do exame psicológico ser realizado nos motoristas e motociclistas não apenas no processo de emissão da primeira Carteira Nacional de Habilitação, mas também ao longo de toda a vida das pessoas que guiam veículos. Um projeto de lei que trata do assunto está em tramitação no Congresso Nacional.
Segundo o presidente do Conselho Regional de Psicologia da 21ª Região, Eduardo Moita, a condição emocional de atenção e tomada de decisão de um motorista precisa ser avaliada periodicamente. "Não se pode dizer que a condição emocional de uma pessoa permaneça igual a vida toda. Você pode ser uma daquelas pessoas que tem a inteligência acima da média e conhecer tudo sobre legislação, mas se você não tiver certas condições emocionais e de tomada de decisão você pode não estar apto a dirigir", afirma Eduardo Moita.
A própria Organização Mundial de Saúde preconiza que todos os tipos de laudos devam obedecer uma periodicidade. "Ou seja, não há laudo eterno", explica Eduardo. Por isso, a entidade defende que a cada renovação da CNH o motorista ou motociclista deva passar por exame psicológico.
É o que acontece, por exemplo, com os pilotos de avião. Pelas regras da Anac - Agência Nacional de Aviação Civil, os profissionais precisam passar por exames periodicamente para atestar a saúde psicológica e serem liberados para o exercício da atividade.
No Brasil, o projeto de lei que trata da matéria está em tramitação no Congresso Nacional. Atualmente, ele está sendo avaliado pela Comissão Especial do Trânsito e, ao término desta etapa, será levado ao Senado.
"Precisamos discutir de forma séria esse assunto. O número de acidentes no Brasil só aumenta e isso é reflexo direto da saúde dos motoristas. A finalidade disso é gerar mais segurança no trânsito. Nos comprometemos com o Denatran e com o Contran em construir as questões da psicologia para auxiliar nessa segurança do trânsito", finaliza.
Da Redação
redacaoo@cidadeverde.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...