domingo, 23 de setembro de 2018

Justiça manda soltar três envolvidos no estupro coletivo de Castelo do Piauí

Capa da Veja na época do crime

A justiça concedeu liberdade assistida para três envolvidos no estrupo coletivo de Castelo do Piauí, crime ocorrido em 2015 teve como vítimas quatro adolescentes e uma delas acabou morrendo.
Os três liberados pela justiça na época do crime eram menores de idade e hoje já são maiores. Eles estavam internados no Centro Educacional Masculino e mataram um quatro envolvido no crime quando foram levados para cumprir medidas socioeducativas.
Os três foram condenados a cumprir três anos de internação pelos crimes de quatro estupros, três tentativas de homicídio e um homicídio contra uma das adolescentes.
Como estão perto de completar 21 anos e teriam cumprido requisitos tiveram o benefício da progressão concedido pela juíza Elfrida Costa Belleza Silva, da 2ª Vara da Infância e Juventude de Teresina, durante audiência nesta sexta-feira (21/09).
Os três deverão cumprir regras da regressão e caso descumpram podem voltar para internação. Dois deles ficam em Teresina e um volta para Castelo do Piauí a pedido da família.
O maior de idade envolvido no caso, Adão Jose Silva Sousa, foi condenado pelo Tribunal Popular do Júri com a pena de 100 anos e 8 meses de prisão em regime fechado.
Capa da Veja na época do crime  

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...