Parcerias vão potencializar destinos turísticos no Brasil; Piauí tem três rotas escolhidas

 Medium ilha366

 Ao todo, o Ministério do Turismo vai investir R$ 200 milhões no programa de parcerias Investe Turismo


Trinta rotas de turismo vão receber recursos federais para se modernizar com capacitação criando potencial para receber um número ainda maior de turistas. Ao todo, o Ministério do Turismo vai investir R$ 200 milhões no programa de parcerias Investe Turismo, que contempla todas regiões brasileiras.
O programa, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Instituto Brasileiro do turismo (Embratur), engloba um pacote de investimentos com incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, melhoria de serviços, inovação e marketing. O objetivo principal é aumentar a qualidade e competitividade com foco na geração de empregos. 
“O Brasil sempre teve muito potencial para o turismo. O que temos que fazer é sair da potencialidade e avançar para a realidade. Entrar em condições de competitividade e oferta. Mas estamos bem estruturados e temos muitos destinos já preparados”, disse o secretário de Desenvolvimento e Competitividade do Ministério do Turismo, Aluizer Malab.
Para isso, o Programa estimulará parcerias com micro e pequenas empresas, acesso a crédito em órgãos públicos e empreendimentos privados e estimulará potenciais investidores para melhoria de estrutura, serviços e novos estabelecimentos.
O turismo é estratégico para o desenvolvimento econômico do país. Enquanto o PIB nacional cresceu 1,1% em 2018, o turismo registrou aumento de 3,1% no ano. O setor impulsiona também a geração de empregos. De acordo com o ministério, a cada 30 novos turistas um emprego é criado. Na última década, o setor foi responsável por um em cada cinco empregos gerados no mundo.
Inicialmente, o Ministério do Turismo está realizando seminários em cada uma das cidades para divulgar e explicar o Investe Turismo. Já foram feitos seminários em Bonito, Recife, João Pessoa, Palmas, Foz do Iguaçu, Brasília e Maceió. Os próximos destinos das conversas são Florianópolis, Goiânia, Rio de Janeiro e Belém. O Programa irá implantar ainda o Mapa do Turismo Inteligente, uma plataforma online para identificar iniciativas inovadoras de empresas e governos em todo o País.
Confira as 30 Rotas Turísticas Estratégicas
01- Brasília e Chapada dos Veadeiros
02- Goiânia, Pirenópolis e Goiás
03- Pantanal Norte e Chapada dos Guimarães
04- Rota Pantanal Sul e Bonito
05- Manaus e Polo Amazônico
06- Belém, Ilha do Marajó, Santarém e Alter do Chão
07- Palmas e Jalapão
08- Boa Vista e Monte Roraima
09- Macapá
10- Rio Branco
11- Porto Velho e Guajará-Mirim
12- Maceió e Costa dos Corais
13- Aracaju e Cânions do São Francisco
14- Recife, Olinda e Porto de Galinhas
15- Fernando de Noronha
16- Salvador e Morro de São Paulo
17- Costa do Descobrimento
18- Rota das Emoções
19- Teresina e Serra da Capivara
20- João Pessoa e Litoral
21- Natal e Litoral
22- Vitória e Montanhas Capixabas
23- Belo Horizonte e Cidades Históricas de Minas
24- Rio de Janeiro Imperial
25- Costa do Sol - Região dos Lagos
26- São Paulo e Litoral Norte
27- Corredor do Iguaçu
28- Porto Alegre e Serra Gaúcha
29- Porto Alegre e Missões
30- Serra-Mar Catarinense
Fonte: Com informações do Portal Brasil
Share on Google Plus

About Cleidiomar Sousa

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Comments

Featured