domingo, 1 de dezembro de 2019

Rota das Emoções: Aventura no litoral

A combinação de praia, sol e ventos, ideal à prática de esportes náuticos, atrai turistas do mundo todo para os municípios que compõem a Rota das Emoções.
Barra Grande no município de Cajueiro da Praia no litoral piauiense.
Formada por 14 cidades litorâneas do Ceará, Piauí e Maranhão, a Rota das Emoções é a mais antiga do processo de roteirização integrada do Ministério do Turismo, explica Suilany Teixeira, articuladora do Sebrae na Região Norte. “Essa rota nasceu em 2005, a única que permanece nesse projeto. Por isso, ela é a grande referência do Ministério do Turismo, e além de se manter, vem crescendo”, detalha Suilany.
O destino é composto por Cruz, Jijoca de Jericoacoara, Camocim, Barroquinha e Chaval, no Ceará; Cajueiro da Praia, Luís Correia, Parnaíba e Ilha Grande, no Piauí; Araioses, Tutoia, Paulino Neves e Barreirinhas, no Maranhão. Com duração média de visitação de 8 a 15 dias, o roteiro atrai praticantes de windsurfe e de kitesurfe de todo mundo durante a temporada dos ventos, de junho a dezembro, podendo se estender a janeiro e fevereiro.
Jijoca de Jericoacoara no estado do Ceará
Novidades
Uma das novidades da Rota das Emoções é a criação de um projeto específico para o kitesurfe, o Kite Experience, que será lançado pelas unidades do Sebrae Ceará, Piauí e Maranhão. Os objetivos do projeto envolvem tanto o mapeamento das áreas de prática do esporte como a questão de a pessoa experimentar o kite, e tem início previsto para 2020.
Chaval tem outras atrações da Rota: uma trilha que leva o visitante a passear por monólitos com inscrições rupestres e um banho em uma piscina natural, além, do Festival da Pesca Artesanal da Rota das Emoções, com concurso de pesca, concurso gastronômico, pintura de velas dos barcos e contação de histórias.
No Piauí e no Maranhão os atrativos se multiplicam, como a vila de pescadores Barra Grande, em Cajueiro de Praia (PI), e a beleza exuberante do Delta do Parnaíba, dos Grandes Lençóis e dos Pequenos Lençóis Maranhenses, cheios de atrativos para aproveitar os rios caudalosos e as dunas.
Monólitos de Chaval (CE) Joanna Saldanha/ Divulgação
Evolução
Atualmente, mais de 60 empresas – segundo mapeamento do Sebrae – trabalham a Rota das Emoções, vendendo o roteiro completo ou um pacote customizado, observa Suilany Teixeira. “Temos uma média de 30 agências parceiras que fazem o receptivo nos três Estados, além de 290 meios de hospedagem formais e 341 bares e restaurantes atendidos. E os números tendem a crescer, já que a Rota continua sendo trabalhada, sempre em busca de novidades e melhores serviços”, arremata a articuladora do Sebrae.
Fonte: Diário do Nordeste

Related Posts

Rota das Emoções: Aventura no litoral
4/ 5
Oleh

Subscribe via email

Like the post above? Please subscribe to the latest posts directly via email.

Featured

Comments