quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Equatorial recorre ao TJ para cortar energia do Parnaíba Shopping

De acordo com a petição de agravo interno, ajuizado dia 19 de janeiro, cabe ao Parnaíba Shopping “arcar com o débito regular que se encontra pendente de pagamento".
A Equatorial Piauí Distribuidora de Energia S.A ingressou com agravo interno no Tribunal de Justiça do Piauí pedindo a suspensão da tutela concedida pelo desembargador Fernando Carvalho Mendes, da 1ª Câmara Especializada Cível, que proibiu a empresa de cortar o fornecimento de energia elétrica do Parnaíba Shopping.
Argumenta que a decisão carece de fundamentação e que o magistrado foi induzido a erro, já que o Parnaíba Shopping alegou que a cobrança se refere aos consumos anteriores, o que, em tese, impediria o corte no fornecimento de energia elétrica.

Related Posts

Equatorial recorre ao TJ para cortar energia do Parnaíba Shopping
4/ 5
Oleh

Subscribe via email

Like the post above? Please subscribe to the latest posts directly via email.

Featured

Comments