sábado, 10 de dezembro de 2016

EMOCIONANTE: Cadela dá adeus ao dono no leito de morte e vídeo comove o mundo; veja

Hospital permitiu que essa cachorra se despedisse do seu dono nos últimos momentos.
Relações entre homens e animais podem ser mais duradouras e bonitas, até, do que as relações entre humanos. Dar adeus a um bichinho pode ser muito difícil. Os pets geralmente morrem primeiro que seu donos. Cães e gatinhos não costumam viver nem vinte anos. Dar adeus a eles é um sofrimento muito grande para quem ama estar com eles à volta. No entanto, não se engane; dar adeus ao dono também é complicado. O leitor já deve ter ouvido histórias de cães que esperaram dias em um hospital, no qual o dono estava internado, ou então que ficou em uma estação de trem esperando seu cuidador voltar.
No entanto, a história que repercutiu no mundo inteiro no fim de semana é diferente. Contrariando muitos preceitos da saúde, os médicos decidiram deixar uma cadela entrar em um hospital. Acachorrinha Molie pôde ter a chance de dar adeus ao seu dono, um paciente que estava em estado terminal. O vídeo que mostra o encontro dela com o rapaz, identificado como Ryan Jessen, de trinta e três anos, acabou viralizando, tendo mais de nove milhões de visualizações apenas no Facebook, sendo exibido também por diversas emissoras.
De acordo com informações do jornal carioca Extra, em reportagem publicada nesta quinta-feira, 8, Ryan teve uma hemorragia cerebral. Os médicos tiveram a difícil tarefa de dizer à família que ele nunca mais acordaria. O objetivo era fazer com que todos pudessem se despedir dele, antes que o momento fatídico, a morte, chegasse. No entanto, um ser faltava nessa despedida: a cadela de Ryan.
Com a autorização do hospital, Mollie foi levada ao leito de Ryan para dar o último adeus ao melhor amigo. Ela parece perceber que o dono está morrendo e chora no colo dele. Naquele mesmo dia, o rapaz morreria e os órgãos dele seriam doados, salvando novas vidas. O vídeo comoveu o mundo.
Veja abaixo o vídeo que mostra a cadela se despedindo do próprio dono em um hospital. Na sua opinião, o hospital fez certo em liberar o contado do animal com o paciente nesse momento terminal? Deixe o seu comentário.

Via br.blastingnews

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...