sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Kaíque, acusado de explodir caixas no litoral já tentou matar Delegado Canabrava




Um dos presos teria participado de assalto na casa do delegado Ademar Canabrava e acertado um tiro no peito que quase ceifou a vida do delegado.
Kaíque dos Prazeres Mesquita, acusado de explodir caixas eletrônicos no litoral piauiense.
Kaíque dos Prazeres Mesquita preso nesta quinta-feira (12) junto com a quadrilha que explodiu caixas em Parnaíba e Luís Correia é o autor da tentativa de latrocínio contra o delegado Ademar Canabrava, titular do 12º Distrito Policial, em Teresina. O fato aconteceu no dia 30 de setembro do ano passado, quando ele saia de sua residência, na rua 24 de Janeiro, para deixar os enteados de 5 e 7 anos na escola.
Matérias relacionadas:
Contra o delegado Ademar Canabrava foi desferido três tiros quando saía de casa para ir deixar os dois filhos na escola. Uma das balas atingiu o tórax do delegado. Kaíque e um comparsa em uma moto abordaram e anunciaram o assalto quando o delegado abriu o portão para sair da sua casa localizada no Centro de Teresina.
Delegado Ademar Canabrava
Canabrava ficou internado por dez dias. Ele foi socorrido pela mulher e levado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) onde passou por exames. O tiro atingiu o tórax do titular do 12º DP.
Por José Wilson | Jornal da Parnaíba
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...