terça-feira, 14 de novembro de 2017

Investigação de crime pela PM em Parnaíba tem causado atrito com a Polícia Civil







Um fato está causando atrito entre policiais em Parnaíba. É que o chamado ‘serviço reservado’ da Polícia Militar (PM) também conhecido como P2 vem realizando investigações de crimes comuns, atribuição que, de acordo com a legislação compete à Polícia Civil. Por isso a 5ª e a 7ª Promotorias de Justiça expediram recomendação conjunta ao 2˚ Batalhão da PM do Piauí e à Polícia Civil com o objetivo de regularizar os respectivos serviços de inteligência e investigação. O Ministério Público também chamou atenção para o fato de que agentes e outros servidores da Polícia Civil não podem realizar investigações criminais, de ofício, sem a direção e a presidência de um delegado de Polícia.
Clima de rivalidade
O promotor de Justiça, Ari Martins explica que o fato de o “serviço reservado” da PM do Piauí realizar atividade investigativa fora do marco regulatório tem provocado atrito entre as polícias na cidade litorânea, gerando um clima de rivalidade e de distanciamento entre alguns policiais que compõem a Polícia Militar e a Polícia Civil.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...