sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

CALOTE? Prefeitura de Buriti dos Lopes não paga férias dos professores





Prefeito Júnior Percy Sardião não pagou as férias dos professores.
Em crise financeira após ‘encharcar’ a gestão municipal com centenas de servidores comissionados e contratados por apadrinhamento político, a Prefeitura de Buriti dos Lopes que tem a frente o prefeito Junior Percy Sardião (PP) ainda não pagou as férias de dezenas de professores efetivos da rede municipal de ensino.
Acostumados a receber o pagamento das férias em anos anteriores nos meses de dezembro, os professores temem estarem sendo vítima de um calote por parte da administração “O povo no poder”. Já que segundo a legislação trabalhista, o trabalhador tem que receber o benefício até dois dias antes das férias. Os professores entraram de férias no início da segunda quinzena de dezembro, mas até agora o prefeito municipal que também é professor, não autorizou o pagamento das férias da classe. 
Nem mesmo o abono que era pago aos professores nos anos anteriores pela gestão passada saiu até o momento.
Segundo informações repassadas ao blog Boca do Povo por um servidor da Secretaria Municipal de Educação, os pagamentos não foram feitos por falta de recursos. Ele nos informou ainda que a Prefeitura não tem previsão de pagamento da férias e os servidores estão correndo um sério risco de calote. O prefeito inclusive já admitiu inclusive a falta de dinheiro, pois gastaram dinheiro a ‘rodo’ durante o ano sem controle algum.
O blog foi informado ainda que os professores contratados e os celetistas até o dia de ontem (10) não haviam recebidos o mês de dezembro e nem o 13º salário. Um verdadeiro absurdo e desrespeito.
De acordo com alguns professores que falaram com nossa reportagem, eles devem entrar com ações individuais na Justiça para exigir o pagamento de multas por atraso. “O atraso e a falta de planejamento dessa gestão vão gerar ainda mais despesas para a Prefeitura. Isso não acontecia há anos no município. Prometeram uma gestão organizada, mas o que estamos presenciando é uma total desorganização e falta de respeito com o servidor público. Vamos acionar a Justiça pra receber o que é nosso”, disse uma professora.
Fonte:Portal Boca do Povo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...