quarta-feira, 30 de maio de 2018

Sinal analógico de TV será desligado nesta quarta no Piauí e mais seis estados

Para garantir que a população de baixa renda também tenha acesso aos benefícios do sistema digital, o governo federal distribui kits

O sinal analógico de TV será desligado as 23h59 desta quarta-feira (30) em sete capitais das regiões Norte e Nordeste. O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, assinou na terça-feira (29) o ato autorizando o desligamento.
Com isso, o sinal de TV passará a ser totalmente digital nas regiões metropolitanas das capitais do Piauí, Sergipe, do Pará, da Paraíba, de Alagoas, do Amazonas e do Rio Grande do Norte. Com o desligamento do sinal analógico amanhã, serão beneficiados 3,4 milhões de domicílios nos sete estados.
Ao assinar o ato, Kassab destacou que, com o desligamento nas capitais, o sinal digital estará presente para mais de 100 milhões de brasileiros. “Com isso, serão cerca de 100 milhões de brasileiros que assistirão, na TV, aos jogos da Copa do Mundo no sistema digital, a metade da população brasileira.”
Imagem: Reprodução/Internet
No total, 89 cidades terão as transmissões analógicas desligadas nesta quarta-feira. São 15 municípios da Região Norte e 73 da Região Nordeste.
Para garantir que a população de baixa renda também tenha acesso aos benefícios do sistema digital, o governo federal distribui kits com conversores e antenas para aparelhos de TV. Até o momento, foram entregues cerca de 10 milhões de kits.
O próximo desligamento do sinal analalógico, previsto para agosto, abrangerá as demais capitais do país. “Só desligamos o sinal analógico quando temos certeza de que pelo menos 90% do domicílios estão com o sinal digital”, disse Quadros.
Pesquisa realizada pelo grupo responsável pelo desligamento do sinal analógico mostrou que todos os municípios ultrapassaram o percentual mínimo exigido pela regulamentação para essa operação, com mais de 90% dos lares aptos a receber a programação digital.
"A pesquisa mostrou que, em Aracaju, 93% dos domicílios já contam com o sinal digital; em Belém, 91%; em João Pessoa, 95%; em Maceió, 92%; em Manaus, 91%; em Natal, 92%; e, em Teresina, 92%. João Pessoa foi a capital que atingiu o maior percentual de domicílios com TV digital, até o momento, 95%, o mesmo percentual de São Luís, que teve o sinal analógico desligado em março]", informou a Anatel.
COMO É FEITA A CONVERSÃO
Seguindo algumas recomendações simples, o sinal digital será recebido em sua casa com o máximo de qualidade. Saiba se sua residência já está preparada ou se será necessário providenciar mudanças para continuar assistindo os canais abertos de televisão:
Antena – Nem toda antena consegue captar o sinal digital de televisão. A antena deve ser própria para isso e a recomendação da Seja Digital é que o modelo seja externo, instalado no telhado da casa. Em caso de dúvidas, é recomendável contatar um antenista para fazer a instalação corretamente.
Televisor – Se o aparelho for uma televisão de tubo, será necessário instalar um conversor de sinal. Se o televisor for de tela fina e não tiver o conversor embutido, também precisará de um conversor de sinal. Para ter certeza se o televisor já tem o conversor embutido, consulte o manual do fabricante.
Conversor – São eles que transformam o sinal digital em analógico para que sua TV continue com a programação. Estão disponíveis em diversos modelos e faixas de preço. Podem incluir recursos como função de gravação de programas, entrada USB para conectar pen drives com conteúdos de vídeo, conexão HDMI, central interativa de mídia e painel com funções de navegação. Os conversores também vêm acompanhados de controle remoto, o que acaba sendo um recurso adicional para TVs antigas que não tenham o acessório.
Fonte: Com informações da Agência Brasil
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...