terça-feira, 17 de julho de 2018

Policia prende casal e apreende entorpecentes em Cocal



Uma operação integrada entre a Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Municipal, resultou na prisão de uma mulher de 31 anos, identificada como Maria de Jesus de Sousa, na detenção de seu companheiro, um adolescente de 16 anos, e na apreensão de grande quantidade de entorpecentes (maconha, cocaína e crack). O fato aconteceu na tarde desta segunda-feira (16), no Bairro Alfa Dois em Cocal.
A ação é decorrente de um trabalho investigativo presidido pela Delegada Daniella Dinali, que após averiguações, constatou-se que uma residência localizada no Bairro Alfa Dois, estava sendo utilizada para a comercialização e consumo de entorpecentes. Diante de provas robustas, a autoridade policial solicitou ao judiciário um mandado de busca e apreensão que resultou em uma prisão e uma apreensão em flagrante delito e no confisco de vasto material ilícito durante o seu cumprimento.


No interior da casa alvo da operação foi apreendida uma grande quantidade de substâncias análogas à cocaína, crack e maconha; sendo dez gramas de cocaína; 310 pedras (cada uma pesando 01 grama) de crack; um quilo prensado de maconha e mais 40 trouxinhas da mesma erva, uma balança de precisão, R$ 218,85 (duzentos e dezoito reais e oitenta e cinco centavos), 08 aparelhos celulares; sacos plásticos e demais materiais utilizados para embalar a droga; dentre outros apetrechos.


No momento em que os agentes cumpriam o mandado judicial, muitos usuários encontravam-se no local e foram conduzidos a sede da delegacia de polícia civil para prestarem maiores esclarecimentos. Após serem ouvidos todos foram liberados.
Maria de Jesus de Sousa prestou depoimento e foi indiciada nos crimes de tráfico de drogas e corrupção de menores. Enquanto em desfavor de seu companheiro será atribuído o ato infracional equiparado ao crime de tráfico de drogas. Ambos encontram-se recolhidos no distrito policial à disposição da justiça.
A mulher informou que os dez gramas de cocaína está avaliado em R$800,00 (oitocentos reais); o crack, cada pedra, pesando o equivalente a um grama, é comercializa ao preço de R$ 40,00 (quarenta reais), e a maconha, cada trouxinha é vendida a R$ 5,00 (cinco reais). Segundo o levantamento da polícia, os donos da ‘boca de fumo’ tiveram um prejuízo que gira em torno de R$ 17 a 18 mil reais.
*Com informações Blog do Coveiro
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...