quarta-feira, 1 de agosto de 2018

CE: viatura da polícia é alvejada com tiros de fuzil



Foto:Reprodução/ TV Verdes Mares
Na imagem, um registro dos ataques aos ônibus
Uma equipe da Polícia Civil foi atacada a tiros por criminosos na noite desta terça-feira (31) na cidade de Morada Nova, na Região do Jaguaribe, distante 169 quilômetros de Fortaleza. Segundo a polícia, os bandidos passaram em um caminhão e atiraram contra o veículo policial. Apesar do ataque, nenhum agente ficou ferido.
A polícia não informou se o atentado tem relação com uma série de ataques criminosos que ocorreu no estado desde sexta-feira (27). Pelo menos 16 ônibus foram incendidados e 16 prédios públicos e privados, atacados nos últimos cinco dias.
Até o momento, 8 pessoas foram presas suspeitas de participação nos ataques. De acordo com André Costa, a onda de ataques é uma represália de uma facção criminosa pela morte de três bandidos, que trocaram tiros com policiais em Amontada, no interior do Ceará, na quinta-feira (26), um dia antes da sequência de crimes.
Tiros contra policiais
Os policiais civis seguiam pela rodovia CE-138, no momento em que foram supreendidos pelos criminosos. Eles atiraram diversas vezes contra os carros dos agentes.
Após o ataque, a quadrilha abandonou o caminhão na estrada e fugiu em um carro roubado. No local, os policiais apreenderam diversas cápsulas deflagradas de armas de grosso calibre, como munição usada em fuzil.
As polícias Civil e Militar fizeram buscas pela região, mas não localizaram os suspeitos nem o veículo roubado. Nenhum policial ficou ferido na ação. A Polícia Civil investiga o crime.
Delegacias atacadas
Durante a madrugada de terça-feira, pelo menos seis carros foram queimados por criminosos no pátio do 20º Distrito Policial, em Maracanaú, Região Metropolitana. Segundo a polícia, uma quadrilha passou pelo 20º DP em um veículo e arremessou artefatos incendiários de fabricação caseira contra a delegacia. O fogo atingiu um carro e logo se alastrou para os demais veículos do pátio.
Já no Curió, homens armados passaram pela Avenida Professor José Arthur de Carvalho e dispararam contra a delegacia. No momento do ataque, dois policiais civis estavam se protegeram no interior da unidade.
Um dos agentes comentou que a polícia suspeitava que a delegacia pudesse ser alvo dos bandidos. Por isso, os carros apreendidos que ficam no pátio foram transferidos para a parte interna do prédio.
Suspeitos presos
A secretário da Segurança do Ceará, afirmou que as forças de segurança do estado têm indícios de que sete pessoas presas têm participação direta nos ataques. Um oitavo homem, que foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, é investigado por suposta participação nos crimes e está preso.
Outras pessoas foram detidas por suspeita de envolvimento, mas foram liberadas por falta de provas. Elas seguem sendo investigadas.
Fonte: G1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...