sábado, 25 de agosto de 2018

Rally dos Sertões chega ao PI após 'etapa do inferno'; trechos de areia fofa e pedras

 Percurso de 401 quilômetros entre Barra (BA) e São Raimundo Nonato (PI) foi um dos mais duros desta edição
A quinta-feira (23) do Rally dos Sertões foi marcada por uma etapa das mais duras entre as cidades de Barra (BA) e São Raimundo Nonato (PI). Os pilotos tiveram de encarar um percurso cronometrado de 401 quilômetros que, nas palavras de Luiz Facco, competidor dos carros, foi um verdadeiro “inferno”, dado ao grau de dificuldade enfrentado ao longo do dia, que trouxe problemas para diversos competidores.
“Imagina um inferno. Foi a especial de hoje. 200 quilômetros de areia fofa, tudo bem. Subidas grandes com areia bem fofa, tudo bem. Um calor infernal, tudo bem. Agora, pegar um toco e perder dois pneus ao mesmo tempo e ter de fazer 340 quilômetros de uma especial muito dura, sem estepe, aí ninguém merece”, disse Facco, que tem como navegador Humberto Ribeiro. “Tivemos de ter todo cuidado do mundo para chegar e não podíamos correr riscos, ainda mais que nos 57km finais tínhamos pedras, pedras e pedras e triais. Foi difícil, mas chegamos. Agora faltam dois dias”, completou o piloto.
Crédito: Gustavo Epifânio/Fotop/Vipcomm 
Além da dupla dos carros, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, nos UTVs, e George Ximenes, nos quadriciclos, tiveram problemas mecânicos durante a quinta especial da 26ª edição da prova. Isso causou a troca de liderança nas duas categorias, ocupadas agora por Denísio Nascimento e Idali Bosse, e Wescley Dutra, respectivamente. Tunico Maciel, nas motos, e a dupla Cristian Baumgart e Beco Andreotti, nos carros, seguem líderes, mas viram suas vantagens caírem.
Nas motos, a vitória da especial ficou com Ricardo Martins, que completou o trajeto do dia em 5h22min45s, garantindo sua primeira vitória em um estágio nesta edição do Sertões. A segunda colocação ficou com Gregório Caselani, 3min33s distante do tempo de Martins. Tunico Maciel finalizou o dia com a terceira posição, e foi seguido por Túlio Malta. O grupo dos cinco melhores ainda contou com Mário Marchiori.
Crédito: Marcelo Machado de Melo/Fotop/Vipcomm 
Os cinco melhores pilotos do dia também dominam a classificação geral. Tunico Maciel lidera o Sertões com 21h08min11s, e carrega 28min19s de frente para Ricardo Martins, o segundo colocado. Gregório Caselani aparece em terceiro, enquanto Túlio Malta ocupa a quarta posição. A folha de tempos acumulados ainda conta com Mário Marchiori na quinta colocação.
Sylvio de Barros e Rafael Capoani triunfaram na especial dos carros ao completarem os 401 quilômetros do dia em 4h40min58s. Foi a segunda vitória em especial da dupla, que foi 6min10s mais rápida que os segundos colocados Lucas Moraes e Kaíque Bentivoglio. Cristian Baumgart e Beco Andreotti ficaram com a terceira posição, e foram seguidos por Rafael Cassol e Lélio Júnior. Gunter Hinkelmann e Fábio Pedroso ficaram com o quinto lugar.
Crédito: Gustavo Epifânio/Fotop/Vipcomm 
A classificação dos carros aponta Cristian Baumgart e Beco Andreotti na liderança após cinco especiais, com 16h28min51s acumulados. A dupla, porém, viu a diferença para Sylvio de Barros e Rafael Capoani, os segundos colocados, cair para 7min13s. Rafael Cassol e Lélio Júnior aparecem na terceira colocação, seguidos por Lucas Moraes e Kaíque Bentivoglio. Luiz Facco e Humberto Ribeiro, o “Piauí”, são os quintos colocados.
Cristiano Batista e Robledo Nicoletti foram os vencedores do dia nos UTVs, após fecharem o estágio em 5h19min01s, marca 2min30s melhor em relação aos segundos colocados, Marcelo Gastaldi e Claudio Rieser. Denísio Nascimento e Idali Bosse ficaram com a terceira posição, e foram seguidos por Enrico Amarante e Breno Rezende, vencedores da especial de quarta. Denísio Casarini e Marcos Panstein fecharam o top-5. Com os problemas enfrentados nesta tarde, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin terminaram na 29ª posição.
Crédito: Gustavo Epifânio/Fotop/Vipcomm 
A chegada ao Piauí marcou uma reviravolta na classificação geral dos UTVs. Denísio Nascimento e Idali Bosse assumiram a liderança do Sertões com 21h56min02s, e têm uma vantagem de apenas 22 segundos para Enrico Amarante e Breno Rezende, os segundos colocados. Gabriel Cestari e Jhonatan Ardigo são os terceiros, logo à frente de Edu Piano e Solon Fonseca. Marcelo Gastaldi e Claudio Rieser estão em quinto. Antes líderes, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin aparecem em sétimo.
Outra categoria que teve mudanças na classificação foi a dos quadriciclos. Giovanni Filho venceu a quinta especial do Sertões ao completar o percurso cronometrado em 6h29min30, marca 6min36s melhor que a de Wescley Dutra, o segundo colocado. Hélio Pessoa foi o terceiro. Vencedor de três especiais nesta edição dos Sertões, George Ximenes teve problemas mecânicos e foi apenas o sexto da especial.
Crédito: Marcelo Machado de Melo/Fotop/Vipcomm 
A prova dos quadriciclos tem agora um novo líder: Wescley Dutra, que soma 27h17min13s, marca 54min51s melhor que a de Giovanni Filho, novo segundo colocado. George Ximenes caiu para o terceiro lugar, com um tempo 3h49min49s distante do primeiro colocado. Cival Alves é o quarto, seguido por Hélio Pessoa e Geison Belmont.
Após uma rápida passagem pelo Piauí, o Rally dos Sertões segue em direção ao Ceará, e chegará nesta sexta-feira (24) à cidade de Juazeiro do Norte. Os pilotos terão um percurso total de 602 quilômetros, com 226 deles cronometrados. Será a penúltima especial da atual edição, que terá a chegada em Fortaleza neste sábado.
Rápida e sinuosa, a especial segue pelo sertão do Piauí cruzando rios secos com pedras e alternando estradas arenosas. No meio da prova, os competidores passarão por uma região montanhosa com grandes lajes e pedras. Mesmo com essa alternância, esta será a especial mais rápida da edição. No último quarto de prova, ela volta a ficar mais travada e sinuosa, seguindo assim até o final.
O Rally dos Sertões é organizado pela Dunas Race e tem patrocínio da Mitsubishi Motors, Honda, Divino Fogão e Caixa. Apoio institucional: Detran Goiás, Estado de Goiás, Secretaria de Turismo de Fortaleza, Prefeitura de Fortaleza e Conselho Nacional do SESI. Apoio: Cartões ELO, Fox Sports, Truckvan, S.A.S. Brasil, Infraero, Vigor, Fotop, Arco Media, 99 e Jovem Pan Goiânia e Fortaleza.
Fonte: Com informações da Ascom
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...