Agressão contra árbitra na quadra da UFDPar ganha repercussão nacional; Até celebridades se manifestaram repudiando o crime

 O caso da agressão sofrida por uma árbitra de futebol por parte de um estudante da Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar), no litoral do Piauí, ganhou repercussão em todo o País e até celebridades usaram as redes sociais para reprovar o crime e prestar apoio a profissional do esporte.


O episódio foi noticiado em primeira mão pela jornalista Luzia Paula no Blog do Pessoa logo após o ocorrido. O fato ganhou grande repercussão nacional durante toda a noite e madrugada de ontem (03). No Twitter, a atriz e apresentadora do SBT, Maísa, compartilhou o vídeo com a mensagem: “Não acredito!!! Onde vamos parar????? Eu espero que esse cara pague muito, que absurdo”, desabafou a atriz. Também pelo Twitter, a apresentadora do programa Fofocalizando, Lívia Andrade, escreveu: “Triste, revoltante, lamentável, covarde ... agora é com vocês!”, disse. Grandes portais como G1, UOL, Band News e  O Dia também estamparam a manchete.
Durante toda a noite o vídeo foi compartilhado milhares de vezes por internautas de todo o Brasil, sendo que o assunto “Ufpi”, ficou nos Trending Topics  (assuntos mais comentados do Twitter). Antes de o campus se tornar independente, a UFDPar pertencia a Universidade Federal do Piauí (Ufpi), motivo da referida menção.

Relembre o caso

Por volta das 20:30 desta segunda-feira (03), a árbitra de futebol Eliete Fontenele, 42 anos, foi agredida com socos no rosto por um atleta enquanto apitava uma partida de futsal na quadra da UFDPar. De acordo com informações, começou uma confusão seguida de pancadaria entre alunos dos cursos de Engenharia de Pesca e Ciências Contábeis, que disputavam o jogo.
A árbitra então expulsou dois jogadores e um terceiro, identificado como Rodrigo Quixaba, do curso de Engenharia de Pesca, foi questionar Eliete sobre a expulsão dos colegas. No meio da discussão, a árbitra puxou um cartão vermelho para o universitário, que partiu para cima dela desferindo-lhe vários socos no seu rosto. O caso foi parar na delegacia e a direção da UFDPar emitiu uma nota repudiando o ato e informou que fará uma reunião intersetorial a fim de adotar as sanções disciplinares cabíveis. Pelas redes sociais, a população pede a expulsão do agressor. 
blog do pessoa
Share on Google Plus

About Cleidiomar Sousa

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Comments

Featured