terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Mediação viabiliza acordo milionário de indenização em Luiz Correia

Após sete audiências de mediação, o Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania de 2º Grau (Cejusc) conseguiu formalizar um acordo de mais de R$ 4 milhões.
As audiências de conciliação foram coordenadas pelo Desembargador Olímpio Galvão, com intermediação direta das mediadoras Paula Luzia dos Santos e Patrícia Portela Moura, envolvendo 37 ações que tramitavam na Comarca de Luiz Correia entre a empresa Aquinor Aquicultura do Nordeste LTDA e sete pessoas físicas.
Para o advogado Apoena Machado, representante legal da empresa, “a contribuição do Cejusc de 2º Grau foi relevante para o tratamento da demanda e sua resolução, sobretudo porque o processo tinha um número muito grande de recursos e de fases, mas foi tratado de maneira diferente, procurando otimizar o que as partes tinham de melhor e o que elas poderiam abrir mão para poder chegar a uma conciliação que atingisse o interesse de todos e que fosse um benefício também à Justiça”, afirma o advogado.
Na última sessão, o Desembargador Olímpio Galvão assinou, pessoalmente, o acordo, destacando que o “resultado foi positivo porque, com a homologação, esses 37 processos (originários) já serão extintos do Judiciário. É um êxito para a Justiça de Luís Correia, para a Justiça Estadual e para as partes que conseguiram chegar a um acordo”, afirma o desembargador.
Edição: Jornal da Parnaíba

Related Posts

Mediação viabiliza acordo milionário de indenização em Luiz Correia
4/ 5
Oleh

Subscribe via email

Like the post above? Please subscribe to the latest posts directly via email.

Featured

Comments