sexta-feira, 5 de julho de 2019

Primo de Correia Lima, Courinhas morre após cair e fraturar costela

 Em março deste ano a Justiça do Piauí expediu um mandado de prisão contra Courinhas pelo crime que resultou na morte do Cabo Honório
Morreu nesta quarta-feira (04/07) no Ceará o pistoleiro José Edilson Couras, o Courinhas, primo e membro do bando do ex-coronel Correia Lima, que na década de 1990 foi apontado como líder do crime organizado no Piauí e responsável por diversos assassinatos.
Courinhas sofreu um acidente doméstico. Ao cair dentro de casa acabou fraturando uma costela. Levado para o hospital, ele sofreu com complicações que levaram à morte. 
Segundo a reportagem de Tiago Melo, da TV Cidade Verde, em março deste ano a Justiça do Piauí expediu um mandado de prisão contra Courinhas pelo crime que resultou na morte do Cabo Honório, que era braço direito de Correia Lima e foi executado com disparos na cabeça. Courinhas foi apontado pela justiça como autor dos disparos. 
Em entrevista, o delegado Francisco Costa, o Baretta, lembrou que só no Ceará, cerca de 50 mortes chegaram a ser atribuídas a Courinhas.
Numa entrevista concedida à TV Cidade Verde, na última vez em que esteve no Piauí para um júri, ele negou seu envolvimento nos crimes e disse que era associado às mortes por seu parentesco com Correia Lima.

Related Posts

Primo de Correia Lima, Courinhas morre após cair e fraturar costela
4/ 5
Oleh

Subscribe via email

Like the post above? Please subscribe to the latest posts directly via email.

Featured

Comments