sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Atuante, Teresa Brito está virando a ‘deputada de Parnaíba’ na Assembleia Legislativa








Com a redução da quantidade de representantes de Parnaíba na Assembleia Legislativa do Piauí, a cidade perdeu muito de seu prestígio e força política na sede do Legislativo. A situação de caos na máquina pública estadual deriva disso. Mas, surpreendentemente, a deputada estadual Teresa Brito tem se notabilizado em fiscalizar e cobrar ações e projetos para a região litorânea.
Em visita recente ao Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), a parlamentar constatou, de perto, toda a precariedade do centro de saúde parnaibano, e levou a situação ao conhecimento de seus pares na Alepi, denunciando o descaso e exigindo, do governador Wellington Dias, providências imediatas para sanar os problemas no local, que, infelizmente, ainda se repetem sem nenhum sinal de mudança.
Na tribuna da Assembleia, a deputada requereu à Secretaria Estadual de Segurança a ampliação do policiamento ostensivo para Parnaíba, em virtude do crescente aumento de casos de violência. Ela também recebeu informações de que a Polícia Civil está sem viaturas para realizar diligências, comprometendo o andamento de investigações sobre crimes praticados no município.
Quando soube que o campus da Uespi de Parnaíba não ofertaria vagas para os cursos de Direito e Letras/Inglês, Teresa Brito se posicionou na Alepi contra a decisão da universidade, e elogiou o excelente desempenho de Direito no Enade, com nota 5. Após grande pressão popular e denúncias na imprensa, a reitoria comunicou que vai voltar a ofertar as vagas para Parnaíba.
Em vários ocasiões, a deputada estadual Teresa Brito se mostrou mais defensora de Parnaíba na Assembleia Legislativa do que aquele que, de fato, deveria falar mais firme pela cidade.
Fonte: Blog do Bsilva

Related Posts

Atuante, Teresa Brito está virando a ‘deputada de Parnaíba’ na Assembleia Legislativa
4/ 5
Oleh

Subscribe via email

Like the post above? Please subscribe to the latest posts directly via email.

Featured

Comments